CNH Social oferece gratuitamente a carteira de habilitação ou adicionar letra a CNH

Escrito por: -

CNH Social Foto: Divulgação

 

O Governo do Espirito Santo lançou em 2011 o Projeto CNH Social, implementado através do Programa Incluir, no qual fornece gratuitamente a CNH para os moradores do estado proporcionando aumentar as chances de encontrar um emprego ou uma recolocação profissional num melhor emprego. Confira aqui um pouco mais desse programa, quem pode inscrever, datas de inscrição e os aprovados.

 

De acordo com o regulamento do programa CNH Social, além de saber ler e escrever, possuir carteira de trabalho e de identidade, CPF, ser penalmente responsável pelos seus atos, residir no Espirito Santo, ter uma renda de no máximo dois salários minimos e que se enquadre numa dessas condições, onde apenas uma poderá ser escolhida na inscrição mesmo que o candidato se encaixe em mais de uma, o candidato deverá se enquadrar em uma desses requisitos:

 

- Desempregados há mais de 1 ano.
- Candidatos que nunca tiveram experiênciaformal junto ao mercado de trabalho, desde que tenham a CTPS expedida há mais de 1 (um) ano, na data de inscrição do projeto.
- Beneficiários do Programa Bolsa Família.
- Alunos matriculados na rede pública com bom desempenho escolar no exercício anterior ao da inscrição.
- Empregados que recebam até 2 salários mínimos.
- Ex-presidiários.

 

Com isso os candidatos poderão utilizar as condições do programa para adquirirem as habilitações do tipo A (motos), B (carros) nova ou adicionar a letra, adicionar as categorias A ou B caso já possua CNH, B (vans, micro-ônibus e ônibus) e ainda a letra E (carretas e caminhões). Segundo o governo em 2011 e 2012 cerca de 1.000 pessoas já foram beneficiadas, com a perspectiva de que em 2013 esse numero passe para 6.000 habilitações gratuitas e que até o ano de 2014 esse numero chegue em 10.000 pessoas beneficiadas com a CNH Social.

Votar no artigo:
Nenhum voto. Seja você o primeiro!